Francisco Giraldes

Identificador: 
P-705
Nome: 
Francisco
Sobrenomes: 
Giraldes
Assunto: 
Gênero: 
Masculino
Observações: 

En 1588 recibió carta de Governador-geral de Brasil.

No regimento do governador-geral Francisco Giraldes, que não chegou a assumir o cargo, mas tinha uma contenda com os jesuítas por causa das terras de Camamu, na Bahia, reafirma-se as ideias de “pacificação”, “encomenda”, “sujeição e obediência”.1 O regimento proibia o comércio de armas com os índios e mandava organizar as feiras nas vilas para que os cristãos não fossem às aldeias. Os religiosos, com destaque para os jesuítas, seriam mantidos pela fazenda régia, afastando-os do comércio e da produção colonial, o que aumentava sua dependência econômica e política em relação à Coroa e à própria Igreja.

1 “Regimento do governador Francisco Giraldes” (30/3/1588), em Marcos C. de Mendonça (Org.), Raízes da formação administrativa do Brasil, t. I, (Rio de Janeiro: IHGB/Conselho Federal de Cultura, 1972), 259-277.

Cargo ou Função:
Id ATLASCargo ou FunçãoLugarDescrição do LocalDesdeAté
40638Capitão DonatárioIlhéus15661589
40629Governador-geral do BrasilBrasilBrasil
Viajes: 
Itinerário/Viajem Motivo Data Início Data Fim
  1. Lisboa
  2. Alcazarquivir
  3. Lisboa
Personagem - Militar
  1. Lisboa
  2. Londres
Personagem - Político 1571 1578
  1. Londres
  2. París
Personagem - Político 1579 1581
  1. París
  2. Lisboa
Personagem - Político 1581
  1. Lisboa
  2. Santo Domingo
  3. Lisboa
Personagem - Político 1588
Referencias Documentales
Referencias Bibliográficas
Como citar este verbete: 
"Francisco Giraldes". In: Base de Dados BRASILHIS: Redes pessoais e circulação no Brasil durante o periodo da Monarquia Hispânica (1580-1640). Disponível em: https://brasilhis.usal.es/pt-br/personaje/francisco-giraldes. Data de acesso: 28/05/2024.