Francisco de Escalante, SJ

Identificador: 
P-4828
Nome: 
Francisco
Sobrenomes: 
de Escalante, SJ
Assunto: 
Gênero: 
Masculino
Data de nascimento: 
1559
Lugar de nascimento: 
Sevilla
Data de falecimento: 
1631
Cristão novo: 
No
Observações: 

Jesuíta coadjutor (irmão). «Natural de Espanha, onde nasceu por 1559. (O registo para o Estreito de Magalhães diz 'Natural de Sevilla', os primeiros Catálogos da Companhia, 'diocese de Burgos', os últimos, 'Escalante', pequena povoação no Mar Cantábrico, perto de Santander). Era carpinteiro da Armada do Estreito de Magalhães, comandada por Flores Valdéz, quando esta passou e se demorou algum tempo no Rio de Janeiro em 1582. O General Pero Sarmento combinou com uns índios livres de uma Aldeia dos Jesuítas, que lhe tirassem madeiras e lhe serrassem táboas, o que se fez de acordo com o Governador do Rio de Janeiro e os mesmos Jesuítas, e, para encaminhar os índios e aparelhar a madeira, trouxe com eles 'un carpintero hespañol), 'durante três meses'. Este carpinteiro devia ser Escalante, um dos que íam na Armada, a soldo de 30 ducados, e aparece entre os 'fugidos', no Rio de Janeiro, segundo o mesmo Sarmento, o qual acusa o General Flores Valdéz de conivente na fuga. Nesse mesmo ano de 1582, Francisco de Escalante entrou na Companhia, e passou pouco depois para a Baía, onde os Catálogos o assinalam sempre e invariavelmente. (Na Baía e nalguma das Residências vizinhas, como o Camamu, 1604, 1606). Em 1607 estava outra vez no Colégio, onde ainda residia em 1631, com 72 anos de idade. O Visitador P. Cristóvão de Gouveia concedeu-lhe os últimos votos, que recebeu na Baía, a 1 de Janeiro de 1588, e três semanas antes, a 9 de Dezembro de 1587, lhe escreveu o P. José de Anchieta, residente no Espírito Santo, uma carta com os conselhos próprios dessas ocasiões. A sua obra de carpintaria e entalhe deve ter sido valiosa, porque se louva de muito bom o seu talento em 163l ('habet talentum optimum ad artem fabrilem'). Faleceu depois 1631 e antes de 1641. (Consta do primeiro, e não do segundo Catálogo, e não há outros intermédios).» (Leite, Serafim, Artes e ofícios dos jesuítas no Brasil, 1549-1760)

Cargo ou Função:
Id ATLASCargo ou FunçãoLugarDescrição do LocalDesdeAté
0Ingresso na Companhia de Jesus1582
Referencias Bibliográficas
Como citar este verbete: 
"Francisco de Escalante, SJ". In: Base de Dados BRASILHIS: Redes pessoais e circulação no Brasil durante o periodo da Monarquia Hispânica (1580-1640). Disponível em: https://brasilhis.usal.es/pt-br/personaje/francisco-de-escalante-sj. Data de acesso: 01/02/2023.