Pedro Henriques

Identificador: 
P-4696
Nome: 
Pedro
Sobrenomes: 
Henriques
Assunto: 
Gênero: 
Masculino
Observações: 

Pero (ou Pedro) Henriques (ou Anriques) era natural do Porto. É mencionado como cirurgião, cirurgião-barbeiro e médico. Na cidade do Porto, teria casado com uma mulher, que Bento Teixeira não lembra o nome, mas que tinha o sobrenome Duarte. Bento Teixeira foi seu amigo e costumavam ter conversas em várias ocasiões, debates versando questões da religião judaica. No processo de Bento Teixeira, em 22/11/1597 (Lisboa) aparece que se conheceram por volta de 1582. Neste período, Bento Teixeira havia deixado a Bahia e ido para a Capitania de Ilhéus. Menciona a Pero Henriques como Doutor e médico cristão-novo. Em 1597, Pero Henriques morava na Bahia.
Em 21 de janeiro de 1594, em seu depoimento, em Olinda, Bento Teixeira menciona que por volta de 1584 ainda se encontravam ambos na Capitania de Ilhéus, na vila de São Jorge. Nesta ocasião, Bento Teixeira e Pero Henriques tem uma conversa sobre tipos de judeus: talmodistas e cabalistas. Menciona Bento Teixeira, neste momento, dois livros: um do frei Luís de Granada (O símbolo da fé) e outros do Bispo Jeronimo de Osório (Nobilitate Lusitana).
Bento Teixeira menciona que Pero Henriques costumava utilizar uma oração que fazia para saudar o Messias: "Bento seja o Senhor Deus que nos juntou das quatro partes do mundo por onde andávamos espalhados" (Ribeiro, 2006, p. 192).

Cirurgião em Itamaracá, em 1594.
Lycurgo Santos Filho lhe menciona como cirurgião-barbeiro, castelhano e como morador em Ilhéus, Itamaracá e Salvador.

Cargo ou Função:
Id ATLASCargo ou FunçãoLugarDescrição do LocalDesdeAté
40509CirurgiãoCapitania de Itamaracá1594