Jácome de Queiroz

Identificador: 
P-3933
Nome: 
Jácome
Sobrenomes: 
de Queiroz
Assunto: 
Gênero: 
Masculino
Lugar de nascimento: 
Espírito Santo
Observações: 

Confesándose delante de la Inquisición de Bahía, a 20 de agosto de 1591, 'disse ser cristão-velho, natural da capitania do Espírito Santo deste Brasil, mamaluco, filho de Manoel Ramalho e de sua mulher Antónia Pires, de idade de quarenta e seis anos, sacerdote de missa [...] que haverá sete anos, uma noite nesta cidade (de Bahia) levou à sua casa uma moça mamaluna que então seria de idade de seis ou sete anos, que andaba de noite, escrava de Ana Carneira (prostituta), e cuidando que corrompia a dita moça pelo vaso natural, a penetrou pelo vaso traseiro e nele teve penetração sem polução' (Vainfas. pp. 102-103)

Referencias Documentales
Referencias Bibliográficas
Como citar este verbete: 
"Jácome de Queiroz". In: Base de Dados BRASILHIS: Redes pessoais e circulação no Brasil durante o periodo da Monarquia Hispânica (1580-1640). Disponível em: https://brasilhis.usal.es/pt-br/node/6897. Data de acesso: 15/06/2024.