Jorge de Mascarenhas (Marquês de Montalvão)

Identificador: 
P-979
Nome: 
Jorge
Sobrenomes: 
de Mascarenhas (Marquês de Montalvão)
Assunto: 
Gênero: 
Masculino
Observações: 

Vice-rei do Brasil de 1639 a 1641. "No ano de 1639 foi nomeado para o cargo de primeiro vice-rei do Brasil D. Jorge Mascarenhas, o Marquês de Montalvão, que chegou ao Brasil em 19 de junho de 1640. O principal projeto político do governo de Montalvão era melhorar o sistema defensivo de Salvador contra novas incursões holandesas. Para elaborar o plano de defesa da Bahia, o vicerei trouxe o seu confessor, o matemático jesuíta Inácio Stafford" 

D. Jorge Mascarenhas, o Marquês de Montalvão, "fora deposto e obrigado a entregar o poder ao Bispo D. Pedro da Silva, ao Mestre-de-Campo Luís Barbalho Bezerra e ao Provedor-mor Lourenço de Brito Correa, sendo enviado preso ao reino." (GUEDES, RIBEIRO, 1966, p. 91)

Cargo ou Função:
Id ATLASCargo ou FunçãoLugarDescrição do LocalDesdeAté
40619Vice-rei e capitão geral de mar e terra do BrasilCidade de Salvador da Bahia29/08/16391641
Viajes: 
Itinerário/Viajem Motivo Data Início Data Fim
  1. Lisboa
  2. Tanger (Marrocos)
  3. Mazagão
  4. Argel
  5. Lisboa
Personagem - Militar 1620
  1. Bahia
  2. Lisboa
Personagem - Político 1641
  1. Lisboa
  2. Bahia
  3. Pernambuco
  4. Bahia
Personagem - Político 1640 1640
Relacionado a:
PersonagensRelaçãoPersonagensOperações
Jorge de Mascarenhas (Marquês de Montalvão)Familiar → TíoFernando de Mascarenhas (Conde da Torre)Ver Fernando de Mascarenhas (Conde da Torre)
Bernardo Vieira RavascoProfesional → InferiorJorge de Mascarenhas (Marquês de Montalvão)Ver Bernardo Vieira Ravasco
Jerônimo MascarenhasFamiliar → HijoJorge de Mascarenhas (Marquês de Montalvão)Ver Jerônimo Mascarenhas
Política
Militar
Profesional
Familiar
Comercial
Social
Referencias Documentales
Referencias Bibliográficas
Como citar este verbete: 
"Jorge de Mascarenhas (Marquês de Montalvão)". In: Base de Dados BRASILHIS: Redes pessoais e circulação no Brasil durante o periodo da Monarquia Hispânica (1580-1640). Disponível em: https://brasilhis.usal.es/pt-br/node/451. Data de acesso: 21/02/2024.