Forte do Bom Sucesso do Porto Calvo

Identificador: 
CO-84
Identificador Interno: 
CO-13181
Tipo: 
Militar
Lugar: 
Porto Calvo
Data inicial: 
1634
Construção financiada por: 
Matias de Albuquerque
Materiais: 
Areia
AltAlt
Principales transformaciones durante el periodo 1580-1640: 
- 1634: fortificação de campanha. - 1635: o Almirante holandês Johan Lichthart tomou a fortificação, areforçou e ampliou. - 1636: recuperado pelos lusos/hispânicos/brasílicos, suas defesas foram reparadas e reforçadas.
Observações: 

Primeira obra de fortificação regular construída no território do atual Estado de Alagoas. Sua origem está associada a uma fortificação erguida pelo Conde de Bagnuolo sob ordem de Matias de Albuquerque.

Em seu "Relatório sobre o estado das Capitanias conquistadas no Brasil, apresentado pelo Senhor Adriaen van der Dussen ao Conselho dos XIX na Câmara de Amsterdã, em 4 de abril de 1640", Adriaen van der Dussen informa: "(...) o Forte Bom Sucesso, na povoação do Porto Calvo: trata-se de um bom forte, situado no alto de um outeiro, de mais de 40 pés de altura a contar do fosso, muito escarpado. Para ficar assegurada a estabilidade da muralha há, na parte exterior, de 14 em 14 pés, uma berma; tem um fosso profundo, uma forte paliçada e uma forte contra-escarpa. Contam-se 7 peças de bronze, a saber: 2 de 24 lb, 1 de 18 lb, 1 de 22 lb, 1 de 10 lb, 1 de 8 lb, 1 de 5 lb, uma peça de ferro de 6 lb e 2 pedreiros com suas câmaras, todas peças espanholas."

Como citar este verbete: 
SATLER, Fabiano Aguilar. "Forte do Bom Sucesso do Porto Calvo". In: Base de Dados BRASILHIS: Redes pessoais e circulação no Brasil durante o periodo da Monarquia Hispânica (1580-1640). Disponível em: https://brasilhis.usal.es/pt-br/node/13181. Data de acesso: 19/06/2024.