Congregação Mariana

Identificador: 
RE-70
Tipo: 
Lugar: 
Cidade de Salvador da Bahia
Fecha Inicial: 
1586
Observaciones: 

Devoção mariana organizada em confraria pelos jesuítas. Não confundir com a Confraria ou Congregação de Nossa Senhora do Rosário.

"Parece que não havia ainda no Brasil ideia nítida do que era a Congregação Mariana, do Colégio Romano. E assim, em Roma, ao transcrever-se o pedido, omite-se a palavra Rosário, ficando só Congregação de Nossa Senhora. A resposta foi: ‘Esta faculdade, de agregar Congregações à do Colégio Romano e comunicar-lhes as suas indulgências, se despacha agora [com o Santo Padre] para que o Geral as possa comunicar; e assim o fará, acabando-se de despachar o Breve. Os Estatutos e ordens que têm, levará o Procurador’.

A primeira Congregação, canonicamente ereta no Brasil foi a da Bahia. A sua patente de agregação tem a data de 8 de agosto de 1586. No dia da Anunciação de Nossa Senhora, 25 de março de 1588, inaugurou-se solenemente a Congregação Mariana do Colégio da Bahia, com a aprovação e ajuda de D. António Barreiros.

A Congregação do Colégio Romano estava sob a invocação da Virgem da Anunciada. Com esta mesma invocação vemos designarem-se, em 1590, as duas Congregações Marianas, da Bahia e Rio de Janeiro, cuja agregação se teria dado neste intermédio.

No Rio, antes já da agregação oficial, existia a Congregação dos alunos. A Ânua de 1588 refere-se a estes congregados para dizer que eram mestres aos velhos, no que tocava à doutrina. Da Congregação Mariana de Pernambuco não falam documentos do século XVI. Referem-se apenas à Confraria das Onze-Mil-Virgens.

Da Congregação Mariana veremos, no século seguinte, provas de extraordinário fervor. Em 1617, a Congregação Mariana da Bahia tinha a invocação de Nª Sª da Paz, à qual nesse ano se ofereceu uma lâmpada, suspensa, de prata, ‘para estar acesa em certos tempos, no altar da Mãe de Deus’."

Fonte: Leite, Serafim, História da Companhia de Jesus no Brasil - Vol. 1 (Tomos 1, 2, 3), p. 331.

Cómo citar esta entrada: 
SATLER, Fabiano Aguilar. "Congregação Mariana". En: BRASILHIS Database: Redes personales y circulación en Brasil durante la Monarquía Hispánica, 1580-1640. Disponible en: https://brasilhis.usal.es/es/religiosidad/congregacao-mariana. Fecha de acceso: 07/12/2022.