Botica

Identificador: 
PR-579
Lugar: 
Olinda
Capitanía: 
Capitania de Pernambuco
Tipo de Operación: 
Fecha de Operación: 
c. 1591
Observaciones: 

Nas denunciações e confissões de Pernambuco (1593-1595) aparece mencionado que o boticário Luís Antunes tinha botica em Olinda, defronte da Misericórdia. No mesmo local também é mencionado como o lugar onde morava.

Processo de 22 de Novembro de 1593. Luis Antunes contra João Soares Pereira. Como denunciante, Luis Antunes, "disse ser cristão novo natural da cidade dEvora filho de Ruy Gomez ourives e de sua mulher Guimar Lopez moradores nesta villa, de ydade de trinta e oyto annos casado com Maria Alvares tambem cristaa nova, boticairo morador nesta villa defronte da misericordia" (pág. 103).

Processo de 12 de Agosto de 1595. Cibaldo Lins contra Ruy Gomes. Cibaldo Lins denunciando a Rui Gomes afirmava que quando passava, nos sábados, pela porta da loja do ourives (junto a botica do filho) e "ho achou e vio estar sem trabalhar ou assentado na cadeira na rua ou na sua logea sem fazer nada ou na botica de seu filho" (pág. 467).

Personajes Relacionados: 
Cómo citar esta entrada: 
Company, Zeli Teresinha. "Botica". En: BRASILHIS Database: Redes personales y circulación en Brasil durante la Monarquía Hispánica, 1580-1640. Disponible en: https://brasilhis.usal.es/es/propiedad/botica. Fecha de acceso: 25/05/2024.