Domingos Jorge

Identificador: 
P-4694
Nombre: 
Domingos
Apellidos: 
Jorge
Asunto: 
Género: 
Masculino
Observaciones: 

É mencionado por Lycurgo de Castro Santos Filho (1954) como professor de cirurgia na Bahia, em 1591: "mestres cirurgiões, como o português Domingos Jorge, morador no Recôncavo em 1591, ensinaram a profissão a jovens discípulos ou aprendizes” (página 3). O mesmo dado é confirmado por Joaquim Veríssimo Serrão (1965): "no ano de 1591, em que também surge um Domingos Jorge, que se dava ao ensino da cirurgia no Salvador" (página 191).

No entanto, na confissão de Mateus Nunes, de 19 de janeiro de 1592 (na Bahia), não consta que este cirurgião tenha morado na Bahia. A experiência de aprendizado de Mateus Nunes ocorreu na cidade do Porto: "no mesmo ano tornando se ele confessante de Ponte de Lima para a cidade do Porto, e estando em casa de um cirurgião Domingos Jorge começando a ser seu discípulo" (página 132-133).

Não há constância de que o cirurgião Domingos Jorge residiu no Brasil, a partir da fonte mencionada. Na sua carta de cirurgia aparece como morador na cidade do Porto (Chancelaria de D. João III, liv. 25, fol. 38v).

Relacionado con:
PersonajeRelaciónPersonajeOperaciones
Mateus NunesProfesional → InferiorDomingos JorgeVer Mateus Nunes
Referencias Bibliográficas
Cómo citar esta entrada: 
"Domingos Jorge". En: BRASILHIS Database: Redes personales y circulación en Brasil durante la Monarquía Hispánica, 1580-1640. Disponible en: https://brasilhis.usal.es/es/personaje/domingos-jorge. Fecha de acceso: 14/07/2024.