Antônio de Braga, OFM

Identificador: 
P-4428
Nombre: 
Antônio
Apellidos: 
de Braga, OFM
Asunto: 
Género: 
Masculino
Fecha de nacimiento: 
Lugar de nacimiento: 
Braga
Fecha de defunción: 
Lugar de defunción: 
Cristiano nuevo: 
No
Observaciones: 

11º Custódio (Superior) da Custódia Franciscana de Santo Antônio do Brasil.

"Pregador, filho da Província, e natural da Cidade, que lhe deu o sobrenome. Sendo eleito no ano de 1623 no Capítulo celebrado em Santo Antônio de Lisboa a seis de maio, chegou à Custódia no de 1624 já no fim. Fez Capítulo, e guardou nele as formalidades regulares, que nos mais se haviam observado. Achou os Conventos das partes do Sul bastante turbados com a introdução dos holandeses na Bahia; e isto lhe serviu de embaraço para pessoalmente os poder visitar no ano e meio primeiro do seu ofício; mas nos cinco que lhe ficavam da parte de Pernambuco, como Pastor vigilante, e infatigável, não faltou com o pasto espiritual a suas ovelhas, como também no que tocava ao temporal, foi em extremo cuidadoso; porque advertindo na grande falta, que tinha o Convento de Olinda de água de fonte, e capaz para a bebida, pois apenas havia na cerca a de um pequeno poço para o gasto, indo-se buscar a de beber no arrabalde da Vila em pipas, e carros, ordenou se fabricasse uma cisterna com a água da qual se pudesse acudir a este inconveniente. Assim se executou, e se aproveitaram por longos tempos, não só os Religiosos, mas muitos de fora da sua bondade, e abundância. É obra mui especial pela sua arquitetura, e sólido fundamento. Tem seus registos, que caem em poço mui bem feito, e com um lavatório, tudo de forte abóbada onde lavam os Religiosos as suas roupas de túnicas, e hábitos. Não se fabricou no Claustro do Convento, porque, além de ser pequeno, temeram-se, que com a cava, que se fizesse, se poderiam arruinar os seus fundamentos, por estar feito, quando se intentou esta obra, mas plantaram-na da parte de fora, que olha para o mar, entre o canto, que faz o corredor, que forma a claustra de Nascente a Poente, e outro, que se levantou de novo, e faz ponta, e  travessa para o Sul, e barra do Recife. Assim se conservou esta obra, e a sua serventia tão necessária, até que correndo os anos no de 1714, com a nova forma, que tomou o Convento, ou por descuido, ou por capricho do Prelado que ideava aquela obra, e seguem muitos, de que só o que eles traçam, acham ser o melhor, e de utilidade, ainda quando se não segue alguma, antes, como aqui, grave detrimento, tirando-lhe os canos, e aquedutos secretos, pelos quais se lhe introduzia a água dos telhados superiores, bastante, e limpa, e aplicando-lhe só a que corria do meio do Claustro: pouca, e menos pura, se começou a experimentar falta, e com esta alguma ruína nas obras interiores, de tal sorte, que totalmente foi preciso tornar ao trabalho de a ir carretar fora da Cidade. Assim se foi passando até o ano de 1748 em que sendo Provincial a segunda vez o P. Fr. Gervásio do Rosário, dando ouvidos às justas representações, que se lhe fizeram, e considerando com acordo a necessidade do Convento por lhe faltar a serventia da cisterna, e com a diligência, e cuidado do seu Guardião Fr. Antônio de Santa Izabel, se reformou da ruína interior, e desviando-se-lhe o cano, que corria do Claustro formando-lhe outros por algerozes dos telhados altos com canos de chumbo, correndo abaixo por alcatruzes vidrados, juntos em uma pia grande no canto, que formam os dois corredores, vão por outro cano desaguar a cisterna, pelo lado fronteiro aos arcos do corredor do Capítulo. Com esta boa diligência, logo no primeiro inverno se serviu o Convento da sua água, e passado o segundo algumas pessoas particulares, por estar já muito capaz, e ser abundante. O que fica dito ao princípio é o que achamos obrou o P. Custódio no seu tempo, o qual acabado se retirou para a Província, e lá foi completar o curso da vida em o Convento da Carnota, onde jaz sepultado o seu corpo."

Cargo o Posición:
Id ATLASCargo o PosiciónLugarDescripción del LugarDesdeHasta
40640Custódio (Superior) da Custódia Franciscana de Santo Antônio do Brasil [Subordinada à Província Franciscana Capucha de Lisboa]OlindaConvento da Senhora das Neves da Villa de Olinda16241627
Viajes: 
Itinerario/Viaje Motivo Fecha Inicio Fecha Fin
  1. Lisboa
  2. Olinda
Etc. 1624 1624
Categorías Relacionadas
Referencias Bibliográficas
Cómo citar esta entrada: 
"Antônio de Braga, OFM". En: BRASILHIS Database: Redes personales y circulación en Brasil durante la Monarquía Hispánica, 1580-1640. Disponible en: https://brasilhis.usal.es/es/personaje/antonio-de-braga-ofm. Fecha de acceso: 17/08/2022.