Other databases of interest



The following is a list of databases useful for the development of research related to the project.

  • Publicação mais antiga da Biblioteca Nacional (circula desde 1876), seu objetivo é apresentar o acervo da instituição – por meio, principalmente, de inventários, transcrições de documentos, estudos e pesquisas – e os conteúdos de atividades técnicas e culturais desenvolvidas anualmente, como seminários e ciclos de palestras. El volumen 75. “Inventário dos documentos relativos ao Brasil, existentes na Biblioteca Nacional de Lisboa” (1955) recoge una relación de fuentes relativas a Brasil, entre ellas para el período 1580-1680. Sin embargo, esas fuentes no corresponden con los fondos de la Biblioteca Nacional de Lisboa; actualmente están en el Arquivo Nacional da Torre do Tombo.

  • O ACTD pretende ser um sistema de informação inovador, que actua como uma plataforma de partilha e divulgação do saber tropical, potenciando e optimizando simultaneamente a realização de investigação e a aproximação da comunidade científica e da sociedade civil às temáticas tropicais e ao seu património científico, aumentando assim o conhecimento da cultura e da história dos países de língua oficial portuguesa (CPLP). En cuanto a su contenido sobre Historia: “Área científica com profundas raízes e tradições no IICT (sucessor da antiga Junta de Investigações do Ultramar), a História continua a ocupar neste organismo o maior número de investigadores em ciências sociais e humanas. Durante o Estado Novo a preocupação dominante incidiu no estudo das descobertas geográficas e das realidades coloniais, com especial destaque para a história da náutica, da cartografia e da missionação. Sem abandonar estas linhas de pesquisa, a História no IICT orientou-se progressivamente, desde 1974, para novos objectos de estudo no domínio da história do império português, das histórias de África e da Ásia, da história militar e marítima, do encontro de culturas, das minorias étnicas e do legado lusófono no mundo. Paralelamente, a pesquisa em história da ciência tem vindo cada vez mais a ser dirigida para o estudo das colecções e acervos documentais à guarda do IICT. Neste âmbito, o CHist (Centro de História) contribui para o ACTD através da disponibilização de textos históricos (fontes e estudos) que se encontram no domínio público, publicados quer pelo IICT e pelos organismos que o precederam, quer por outros editores portugueses e estrangeiros.”

  • É um arquivo central do Estado que guarda documentos originais desde o séc. IX até à actualidade, cabendo-lhe, por consequência da sua perenidade, preservar também os novos arquivos electrónicos no âmbito de actuação do organismo, a par do mandato explícito para dar execução à lei que estabelece as bases da política e do regime de protecção e valorização do património cultural, na sua vertente de património arquivístico e património fotográfico.

  • Criado em 1838, é o órgão central do Sistema de Gestão de Documentos de Arquivos-SIGA, da administração pública federal, integrante da estrutura do Ministério da Justiça. Tem por finalidade implementar e acompanhar a política nacional de arquivos, definida pelo Conselho Nacional de Arquivos – Conarq, por meio da gestão, do recolhimento, do tratamento técnico, da preservação e da divulgação do patrimônio documental do País, garantindo pleno acesso à informação, visando apoiar as decisões governamentais de caráter político-administrativo, o cidadão na defesa de seus direitos e de incentivar a produção de conhecimento científico e cultural.

  • O Atlas dos viajantes no Brasil é uma plataforma interativa que usa uma base cartográfica digital para organizar, relacionar e divulgar relatos e iconografia de viagem do acervo da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM-USP). O objetivo do Atlas é colocar à disposição dos usuários uma ferramenta simples e eficaz de acesso a uma rica fonte de conhecimento sobre o Brasil.

  • Integrada ao Sistema de Informações do Arquivo Nacional (SIAN), a Base de Dados Mapa é uma ferramenta de consulta disponível na internet que armazena informações sobre diversos órgãos da estrutura administrativa brasileira desde o período colonial até nossos dias. Sua estrutura é organizada de forma a oferecer o retrato de cada órgão estudado desde sua criação, discriminando sua estrutura administrativa, suas competências, seu nível hierárquico e a legislação pertinente a cada época de sua história. Seu universo contempla os órgãos integrantes do Poder Executivo, incluindo a administração direta e indireta, e, no período anterior à proclamação da República, os órgãos da administração central. Acceso a la Base de dados mapa/sian y pantalla de registro.

  • A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin é um órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo (USP). Foi criada em janeiro de 2005 para abrigar e integrar a coleção brasiliana reunida ao longo de mais de oitenta anos pelo bibliófilo José Mindlin e sua esposa Guita. São 32,2 mil títulos que correspondem a 60 mil volumes aproximadamente. Desde 2005, quando passou a funcionar, a Biblioteca tem reunido especialistas, sediado projetos e apoiado iniciativas de estudos, desenvolvendo atividades em torno de quatro campos do saber: 1) Estudos Brasileiros; 2) História do Livro e da Leitura; 3) Tecnologia do Conhecimento e Humanidades Digitais; e 4) Preservação, conservação e restauração do livro e do papel.

  • Es el portal de la BNE a través del cual se pueden consultar de forma libre y gratuita las obras digitalizadas por la Biblioteca. Los materiales disponibles incluyen libros impresos entre los siglos XV y XIX, manuscritos, dibujos, grabados, folletos, carteles, fotografías, mapas, atlas y grabaciones sonoras. Además, con la colaboración del Departamento de Música y Audiovisuales, se ha llevado a cabo una digitalización masiva de partituras.

  • Iniciado em fevereiro de 2014 pelas bibliotecas nacionais do Brasil e Portugal, com o objetivo central de coordenar os esforços de digitalização e de colocar disponível num mesmo ponto de acesso todo o acervo digital das duas instituições. Será um primeiro passo dar nova dimensão, relevância e visibilidade na rede aos conteúdos culturais da uma história e língua comuns. O projeto concretiza-se num portal que passará a agregar automaticamente a informação das bibliotecas nacionais digitais do Brasil e Portugal, cuja soma de conteúdos alcança já mais de 60 mil títulos correspondendo a cerca de 13 milhões de imagens de materiais bibliográficos em domínio público, de todas as épocas e gêneros.

  • Organismo autónomo encargado del depósito del patrimonio bibliográfico y documental de España. Dedicada a reunir, catalogar y conservar fondos bibliográficos, custodia alrededor de treinta millones de publicaciones producidas en territorio nacional desde comienzos del siglo XVIII: libros, revistas, mapas, grabados, dibujos, partituras y folletos.